É possível resistir ao sistema?

Rebekah Sinclair, professora de estudos étnicos do departamento de filosofia da Universidade de Oregon, nos EUA, escreveu o texto do vídeo acima, que eu tive o prazer de traduzir (confira a legenda no vídeo). O que eu ofereço aqui é uma análise desse vídeo.

Continue Lendo “É possível resistir ao sistema?”

Por que você não pode ter livre mercado e salvar o planeta ao mesmo tempo

1_R-xMfvmlzZUM0DT2x6Fz1Q.png
chuyuss / shutterstock

Tradução do original: https://theconversation.com/why-you-cant-have-free-trade-and-save-the-planet-94128

Autor: Alf Hornborg, professor de Ecologia Humana da Lund University.

Continue Lendo “Por que você não pode ter livre mercado e salvar o planeta ao mesmo tempo”

O que o anti-intelectualismo da InfoMoney revela sobre o discurso político dos economistas liberais

1_TmTytlV_NYvSokoFWlVVJA

Esta é uma resposta ao artigo: Ascensão de Bolsonaro: o cansaço das ideologias e o desejo de retorno ao senso comum

Continue Lendo “O que o anti-intelectualismo da InfoMoney revela sobre o discurso político dos economistas liberais”

Economia e ética

tumblr_inline_n9wnvlXqPz1sqdy9g

A economia originalmente fazia parte da ética. Tratava-se das ações virtuosas do chefe de família em relação às suas atribuições na organização da casa. Adam Smith mudou isso em 1776 com o livro Riqueza das nações. Não foi uma mudança gradual, mas uma ruptura. Até então, todos, até mesmo os professores de Adam Smith, viam a economia mais ou menos da mesma forma com que Aristóteles a tratava, ou seja, como parte do estudo da ética.

Continue Lendo “Economia e ética”