Valores acima de qualquer preço

Este zine foi impresso pela Monstro dos Mares e o texto foi cordialmente compartilhado pelo Coletivo de Estudos Anarquistas Domingo Passos. O texto é de Vandana Shiva, ativista indiana e fala sobre a redução de todos os valores a valores monetários.

O discurso mercadológico considera que a destruição ambiental tem relação com o fato de que os recursos naturais são tratados como gratuitos, e propõe “precificar” a natureza como forma de conservá-la.

“Por esta visão, a natureza foi despida de seu poder criativo e convertida em um reservatório de matérias brutas esperando para ser transformadas em matéria consumida para a produção de mercadorias” (p. 8).

Distinguindo 3 tipos de economia, a economia de mercado, a economia da vida natural e a economia dos povos, ela faz uma crítica ao ideal de desenvolvimento econômico:

“O crescimento desordenado e a ideologia do desenvolvimento baseado nele são as razões primordiais que sublinham as crises ecológicas e destruição dos recursos naturais” (p. 10).

A autora diz que o mercado “usualmente regula mal” os valores não monetários, incluindo a justiça e a sustentabilidade, e que a mercantilização de recursos é baseada num mito sobre a tendência humana de degradar a propriedade comum. A privatização dos recursos não permite a contabilização dos custos sociais e ecológicos de sua degradação.

“O crescimento econômico ocorre através da superexploração dos recursos naturais, criando escassez deles tanto na economia da Natureza quanto na economia do sustento próprio. A Natureza é reduzida a capital. O crescimento do mercado não pode resolver a crise criada por ele mesmo” (p. 14-15).

A solução proposta é um outro paradigma econômico, no qual as comunidades locais tem um papel central na regeneração da natureza, permitindo “maior justiça distributiva, participação e sustentabilidade” (p. 16).

Link para o zine: https://monstrodosmares.com.br/produto/valores-acima-de-qualquer-preco/

Link para o texto: https://www.nodo50.org/insurgentes/textos/pachamama/09valoresacima.htm

Autor: Janos Biro

Você não existe, e eu também não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: