O geek quer sair

41PNRAZ87ML._SX258_BO1,204,203,200_

Uma poesia de Ernest Cline. Traduzida por Janos Biro.

À primeira vista
Pareço comum,
Um sujeito mediano.
Tranquilo, inofensivo, de boa.

Mas isso é construído.
Veja, foi por décadas de pesquisa e treinamento rigoroso que criei essa fachada de normalidade.

E agora, através de intensa concentração,
Posso funcionar em um ambiente social.
Posso falar longamente com pessoas educadas sobre
Questões pertinentes de importância pública,
Como literatura,
Ou o atual clima político da Europa.

Sou capaz de conversar com você
Sem nunca revelar que logo abaixo da superfície
Desta máscara fabricada
Esconde-se uma pessoa completamente diferente.
Um monstro, alguns podem dizer.
Meu alter ego.
Ele é o oposto da imagem que projeto.
Ele é a antítese de legal.
Ele é a ÚLTIMA pessoa com quem você quer estar numa conversa.

Ele é o geek.
O obsessivo assistidor de filme de ficção científica,
Colecionador de quadrinhos,
Memorizador de diálogos do Monty Python,
Jogador de Dungeons and Dragons
O geek que eu luto diariamente para manter escondido do mundo.

Mas o geek quer sair.

Ele quer conversar com você.
Ele quer dar-lhe a sua dissertação de doutorado sobre porque
As aventuras de Buckaroo Banzai na 8ª Dimensão
É o maior filme de todos os tempos!

Ele quer fazer uma careta porque
Você nunca viu Big Trouble in Little China.
O que? Você está morando em uma caverna?!

Ele quer chutar sua bunda numa trivia de Star Wars.
E ele irá.
Porque ele é um maldito geek.

E ele quer seus brinquedos.
Ele quer o conjunto completo
Em perfeitas condições,
Ainda na caixa.
Ele quer todos os itens do planeta que estão relacionados
mesmo que remotamente ao Ultraman.
Porque Ultraman é incrível!

Ele não dá a mínima
Para esportes ou política ou retórica.
Tais coisas não têm nenhuma importância para ele.
O que importa é a data de lançamento do próximo filme do Senhor dos Anéis!

Veja, o geek não pode esperar.
O geek não tem paciência.
Ele quer o que quer quando quiser.
E tudo o que ele quer é uma merda estúpida!

Ele quer o seu próprio Tardis.
Ele quer seu próprio sabre de luz.
Ele quer comprar um DeLorean e ele quer dirigi-lo a 88 milhas por hora.

Ele quer filmes.
Ele quer ver a versão do diretor.
Ele quer encontrar a impossível versão japonesa com
6 minutos de filmagem nunca antes vista.

Ele quer assistir Blade Runner. De novo.
Ele quer assistir Brazil. De novo.
Ele quer assistir Laranja Mecânica.
De novo e de novo!

Mas eu o privo dessas coisas, da melhor maneira possível,
Até que eu não possa mais ignorar sua voz
Gritando na minha cabeça.

Eu sou Jekyl. Ele é Hyde.
Eu sou Bruce Banner. Ele é o Hulk.
Especialmente o Hulk das edições # 272 a # 378.

Mas não mais!
Eu estou dando um basta a toda essa merda nerd agora mesmo!
Sou um adulto, pelo amor de Deus!
E esse corpo não é suficientemente grande para nós dois.
Um de nós tem que ir, e será ele.
Eu bani o geek para sempre na Zona Fantasma,
Igual acontece em Superman II

Porque, no final,
só pode haver um.

Autor: Janos Biro

Você não existe, e eu também não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s